Declare seu IR

É fácil, rápido e digital: faça tudo sem sair de casa!

Abertura de empresa: conheça o passo a passo

Dicas para você que quer começar 2020 realizando o seu sonho de empreender!

28/01/2020 • Empresas
 Tempo de leitura: 4 min

Início de ano é sempre o momento em que as ideias são colocadas em prática. O sentimento de renovação que acompanha a chegada de um novo ano e a energia extra depois do período de férias são motivações perfeitas para quem quer transformar seus sonhos em planos.

Muitos começam atividades físicas, outros se dedicam a aprender algo novo e ainda tem aqueles que decidem arregaçar as mangas e dar os primeiros passos para criar seus próprios negócios.

De fato, a vontade de empreender nunca esteve tão presente entre os brasileiros. As vantagens de “ser seu próprio chefe” levam muitas pessoas a seguirem por esse caminho, mas infelizmente a falta de conhecimento e planejamento ainda leva muitos desses negócios a fecharem as portas prematuramente.

Segundo o Sebrae, 1 a cada 4 empresas fecha antes mesmo de completar 2 anos de mercado. As razões são diversas, desde o cenário político do Brasil, até a extrema burocratização.

E se você também sonha em empreender e quer evitar que algo assim aconteça, continue lendo este texto! Vamos te mostrar como funcionam algumas das etapas necessárias para a abertura de uma empresa, para que você comece seus planos com o pé direito.

1 – Antes de tudo, faça um bom planejamento

Você provavelmente tem uma ideia muito boa em mente, talvez saiba executar um serviço com maestria ou pensa em vender um produto de qualidade, mas embora isso seja muito importante, ainda não é suficiente!

A falta de planejamento antes da abertura oficial é um erro que pode ser fatal para o seu negócio.

Primeiramente, é preciso conhecer o seu mercado. Pra quem você vai vender? Seu público está presente na região onde você irá abrir a loja física? Quais necessidades seu produto ou serviço irá atender? Como ele se diferencia da concorrência? Quanto a sua concorrência está cobrando? Essas são apenas algumas das perguntas sobre marketing e estratégia que você precisará responder.

Além disso, também é preciso pensar nos investimentos. Qual será o capital inicial necessário para colocar sua empresa em pleno funcionamento? Lembre-se que mesmo grandes empresas levam alguns anos para gerar lucro. É preciso manter um capital de giro em caixa, que permitirá que seu negócio continue funcionando mesmo em situações não favoráveis.

2 – Consulte prazos, tributos e viabilidade

Antes mesmo de realizar sua inscrição na Junta Comercial, é necessário fazer uma pesquisa sobre empresas com nomes idênticos ou semelhantes ao que você pretende registrar, para consultar a viabilidade do nome empresarial.

Também é nessa etapa que você define as atividades que a empresa irá exercer, o que servirá tanto para a tributação quanto para a fiscalização. O ideal é que você tenha uma atividade principal e até 14 secundárias.

E para fazer esse registro, é importante que você já tenha os dados do local onde sua empresa irá funcionar. Isso porque, antes do registro, será preciso consultar a prefeitura da sua cidade para verificar se a atividade empresarial escolhida por você poderá ser exercida neste local.

Outro ponto importante são os tributos que deverão ser pagos, prazos para a liberação de alvarás e quais certidões serão necessárias para que seu negócio possa funcionar.

3 – Encontre a contabilidade ideal

Para quem não conhece as burocracias do meio empresarial, ler palavras como “tributos” e “alvarás” pode ser um tanto desesperador. É por isso que contar com uma contabilidade experiente e que combina com o seu negócio faz toda a diferença!

Primeiro porque a presença de um contador nesse processo é mais que uma comodidade, é uma exigência. Segundo porque a contabilidade certa pode facilitar não só a abertura da sua empresa como te ajudar a levar ela mais longe.

Afinal, você passará a focar apenas no que importa e deixará de lado preocupações com processos complicados e burocracias. Quer saber mais sobre como escolher a contabilidade ideal? Dá só uma olhada nesse artigo: 3 dicas para escolher a contabilidade ideal para o seu negócio.

4 – Contrato Social e registro na Junta Comercial

O registro legal de uma empresa é feito na Junta Comercial ou no Cartório de Registro de Pessoa Jurídica. Em alguns estados, isso pode ser feito online. Esse passo é o equivalente ao registro de uma pessoa física e, depois dele, sua empresa passará a existir oficialmente. Mas isso não significa que ela poderá exercer suas atividades.

O registro exige uma série de documentos, como o Contrato Social e os documentos pessoais de cada sócio (no caso de uma sociedade). O Contrato Social é a peça mais importante do início de uma empresa e define a participação de cada sócio e suas atividades.

5 – Alvarás de funcionamento

Para finalmente abrir as portas, você ainda terá que obter seu alvará de funcionamento, um documento que comprova que sua empresa atende todos os requisitos exigidos por lei para exercer suas atividades. Esse documento é obtido na prefeitura da sua cidade e os requisitos podem variar conforme seu município, estado ou ramo de atividade.

Isso não é tudo

Abrir uma empresa é um processo bastante minucioso. Ainda existe uma série de outros fatores que não citamos aqui, como licenças e inscrições em órgãos reguladores, cadastro na previdência social e aparato fiscal.

No portal do Sebrae, você encontra um passo a passo detalhado com todo esse processo. Mas se quiser realmente descomplicar seus planos, o melhor é procurar uma boa contabilidade! Só uma equipe de profissionais experientes poderá esclarecer suas dúvidas e cuidar de toda a papelada, para que você possa ficar livre para viver o seu sonho.

Com a Velev, por exemplo, basta preencher um pequeno formulário e aguardar nosso contato! Ou, se preferir, conversar com a gente pelo WhatsApp.

Velev Contabilidade
Escrito por:

Velev Contabilidade

Veja também

INSS para autônomos e profissionais liberais: perguntas e respostas Recursos Humanos

INSS para autônomos e profissionais liberais: perguntas e respostas

11/04/2018 • 2 min de leitura
E-SOCIAL – Parceria das Empresas e Escritórios Contábeis Recursos Humanos

E-SOCIAL – Parceria das Empresas e Escritórios Contábeis

01/03/2017 • 1 min de leitura
Por que você deve separar seus gastos pessoais dos gastos da empresa? Geral

Por que você deve separar seus gastos pessoais dos gastos da empresa?

17/04/2018 • 3 min de leitura

Atuamos em diversos segmentos

Conheça a Velev descubra porque somos a melhor opção para o seu negócio: uma contabilidade digital, fácil e para você 😉

Conheça a Velev
Fale com a gente no Whatsapp