Declare seu IR

É fácil, rápido e digital: faça tudo sem sair de casa!

Como vencer a falta de motivação e elevar a produtividade da sua equipe

A falta de motivação dos funcionários pode prejudicar (e muito) os resultados de uma empresa. Aprenda algumas técnicas para vencer esse problema.

23/04/2020 • Empresas
 Tempo de leitura: 3 min

Equipes desmotivadas e pouco produtivas são um dos principais problemas no dia a dia de muitos empreendedores. Você quer que todos remem para o mesmo lado e que vistam a camisa, mas se depara com profissionais que até têm potencial, mas são pouco comprometidos.

Isso pode ser resultado tanto de um processo de contratação não tão assertivo quanto da falta de organização em processos internos, falta de motivação e tarefas sendo delegadas equivocadamente.

Não saber fazer um bom gerenciamento de uma equipe pode levar a uma alta rotatividade de funcionários, além de prejudicar o clima interno, criando um ambiente um tanto desmotivador.

Quer saber como resolver esses problemas? Continue lendo este artigo e conheça algumas técnicas que podem te ajudar!

1 – Conheça muito bem seus funcionários

O coletivo só vai funcionar se você conhecer cada membro da sua equipe individualmente. Procure entender o que cada funcionário pensa sobre a empresa, quais são seus talentos e pontos que precisam ser melhorados, em quais tarefas ele demonstra mais desenvoltura, em quais momentos do dia ele é mais produtivo e quais são seus interesses profissionais.

Dessa forma, você saberá delegar tarefas mais adequadamente e poderá criar estratégias mais assertivas para uma melhor gestão de desempenho, do próprio funcionário e da equipe como um todo.

2 – Tenha metas e objetivos claros

De nada adianta você ter uma equipe 100% engajada, mas nas tarefas erradas. Assim como é preciso conhecer bem seus funcionários, também é preciso conhecer bem a sua empresa: como funciona cada setor, quais são as atividades de cada time, o que pode ser melhorado e, principalmente, onde o seu negócio pretende chegar.

Ao ter objetivos claros, você conseguirá criar métricas que o ajudarão a saber se a empresa está no caminho certo, além de poder estabelecer metas para equipe. Assim, será possível priorizar tarefas e promover uma melhor gestão de tempo, melhorando a produtividade.

3 – Seja flexível

Todo mundo tem suas particularidades e, quando se trata de produtividade, não é diferente. Existem pessoas que trabalham melhor pela manhã, outras pela tarde e ainda há aquelas que rendem mais à noite.

É por essa razão que cada vez mais gestores estão buscando flexibilizar horários para tentar aprimorar a performance de seus funcionários. Tente implementar isso na sua empresa e veja como sua equipe irá reagir.

Dar esse poder de decisão também demonstra o quanto a empresa confia em seus colaboradores, fazendo com que eles se sintam valorizados e, consequentemente, mais motivados.

4 – Estabeleça uma rotina de feedbacks 

Tanto para apontar pontos de melhoria quanto para reconhecer acertos, ter uma rotina de feedback é importante não só para o funcionário, mas também para a empresa.

É preciso estabelecer uma frequência de reuniões com esse intuito (uma vez ao mês, por exemplo), sempre buscando criar um ambiente seguro, onde o gestor e o funcionário podem expressar suas ideias.

Isso porque, assim como o colaborador precisa saber sobre a qualidade do seu trabalho, o gestor precisa saber sobre seu desempenho como líder, como suas decisões estão impactando a equipe e como cada um poderá melhorar futuramente.

5 – Invista no clima interno

Um funcionário que não se sente bem física e emocionalmente dificilmente irá atingir 100% do seu potencial. Se o ambiente de trabalho é pesado, pouco confortável ou se as pessoas trabalham constantemente sob pressão, é bem possível que isso reflita nos números no fim do mês.

Tente criar um ambiente leve e descontraído, onde as pessoas se sintam confortáveis para expressar suas ideias e executar seus trabalhos da melhor forma. Para isso, invista em melhorias na estrutura física (como janelas amplas para captar mais luz natural, plantas, cadeiras confortáveis e espaços de descompressão) e em atividades que podem aliviar a tensão (como yoga, ginástica laboral, alongamentos ou até mesmo pequenas pausas durante o dia).

Neste outro artigo, nós falamos um pouco mais sobre cultura interna e técnicas para manter funcionários engajados. Vale a leitura!

Está pronto(a) para aplicar tudo isso na sua empresa? Ainda existem muitas outras técnicas que podem ser adotadas, como investir em cursos e treinamentos, estabelecer um sistema de recompensas e criar um culture code.

A dica final é nunca deixar de buscar aprimoramentos: isso mostra que os gestores estão dispostos a investir na equipe e ainda cria um ambiente em que mudanças são bem-vindas, estimulando a inovação.

Tópicos relacionados: #
Velev Contabilidade
Escrito por:

Velev Contabilidade

Veja também

Produtividade no home office: veja 5 dicas que vão fazer a diferença Empresas

Produtividade no home office: veja 5 dicas que vão fazer a diferença

11/05/2020 • 4 min de leitura
Investidor Anjo em Empresas do Simples Nacional Contabilidade

Investidor Anjo em Empresas do Simples Nacional

02/02/2018 • 1 min de leitura
Os 5 principais erros cometidos na declaração de IRPF Imposto de Renda

Os 5 principais erros cometidos na declaração de IRPF

02/04/2018 • 3 min de leitura

Atuamos em diversos segmentos

Conheça a Velev descubra porque somos a melhor opção para o seu negócio: uma contabilidade digital, fácil e para você 😉

Conheça a Velev
Fale com a gente no Whatsapp